Pelo Fim da Violência Contra Crianças e Adolescentes


Ontem, 06/02, duas crianças foram vítimas de bala perdida no Rio: Jeremias de 13 anos, e Emily, de 3 aninhos. De acordo com a ONG Rio de Paz, 10 crianças foram mortas violentamente na nossa Cidade em 2017. Desde 2007, 44 crianças morreram vítimas de bala perdida aqui. No ano passado, o Brasil passou a ter uma das mais avançadas legislação de direitos de crianças e adolescentes vítimas e testemunhas de violência. Escrevi o texto dessa lei num trabalho intenso de quatro meses, junto com diversos técnicos, representantes do Ministério Público, da ONU, da Defensoria Pública e de entidades como a Unicef e a ONG Childhood. O País tem agora instrumentos para uma verdadeira rede protetiva para os meninos e meninas que sofrem violência, que deve ser posta em prática em todos os estados!

Mas, além disso, o Estado brasileiro e o governo estadual têm que se empenhar seriamente para pôr fim à violência no Rio!

#Bastadebalaperdida

Compartilhe

TwitterFacebookGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *