A Intervenção a Beira do Precipício


Como relatora do decreto de Intervenção Federal no Estado do Rio de Janeiro, é meu dever afirmar que para ter chance de sucesso é vital que venham recursos federais em quantidade necessária para torná-la possível. Os recursos estaduais para a segurança, este ano, são insignificantes para uma operação dessa natureza: R$ 8 bilhões, dos quais 96% são para pagar salários e 2,7% são para custeio (combustível, logística, etc.), restando apenas 1,3% para investimento. Ou seja, seriam apenas uns R$ 260 milhões para toda a segurança e mais os dez meses de operações da intervenção. Além disso, é vital também que as políticas sociais sejam revigoradas junto com a intervenção. Sem educação e emprego para a população, qualquer projeto de segurança está fadado ao fracasso.

A minha posição foi publicada hoje, 28/02, no jornal O Globo:

Compartilhe

TwitterFacebookGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *