Deputada Federal

Laura Carneiro

LAURA CARNEIRO

Deputada Federal

Maria Laura Monteza de Souza Carneiro iniciou sua trajetória como assessora parlamentar de Ulysses Guimarães, então presidente da Assembleia Constituinte de 1988. Um ano depois, em 1989, foi eleita para seu primeiro mandato de vereadora, aos 25 anos. Desde então, foi vereadora mais outras duas vezes e teve outros três mandatos consecutivos na Câmara dos Deputados.

Laura é filha de Nelson Carneiro, ex-senador e ex-presidente do Congresso Nacional, autor da Lei do Divórcio que, depois de uma luta de quase 30 anos, criou uma nova legislação para a família brasileira.

Ela foi Secretária Municipal de Desenvolvimento Social antes dos 30 anos. É coautora de leis fundamentais para o progresso socialmente justo do Brasil, como o Estatuto do Idoso. E apresentou dezenas de projetos de combate à violência contra a mulher, como mostra a publicação “Mulheres Seus Direitos Legais”, contendo toda a legislação existente sobre o assunto até dezembro de 2017. Para a aprovação da Lei Maria da Penha, Laura Carneiro atuou com firmeza nos bastidores do Congresso. É de sua autoria, por exemplo, o Projeto de Lei que estende os benefícios dessa legislação para o combate à violência contra idosas.

No ano passado, foi vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, conseguindo vitórias muito importantes, como a aprovação da nova Lei 13.431, que cria uma das legislações mais avançadas do mundo para proteger direitos de crianças e adolescentes vítimas e testemunhas de violência. Além de aumentar as penas para crimes de estupro coletivo e corretivo, tipificar o crime de divulgação de cena de estupro, criar a figura jurídica da ‘importunação sexual’ para punir casos como o de tentativa de estupro em ônibus. E, também, o projeto de retirada do poder familiar de homens que matam suas mulheres, que espancam seus filhos, que praticam abuso sexual.

Até agosto de 2017 era vice-líder de seu partido na Câmara dos Deputados, mas foi afastada por ter votado a favor da investigação das denúncias de corrupção contra o Presidente Michel Temer.

Laura Carneiro integra o grupo brasileiro do Parlatino, organização que reúne Parlamentos da América Latina que são eleitos por voto popular, e da qual já foi vice-presidente.

Formada em Direito pela UERJ, já apresentou mil proposições desde o primeiro mandato. Trabalha incansavelmente para que o País e o Rio de Janeiro saiam da crise e possam ser realizados novos avanços. É uma das autoras da nova Lei 13.609/18, que aumentou expressivamente o valor de royalties pagos ao Rio, de maneira a ajudar o estado a equilibrar suas contas. Foi a única entre os parlamentares brasileiros a ter três leis sancionadas em apenas nove meses. E, no último ano, foi a parlamentar fluminense com maior número de proposições apresentadas.